Cirurgia Bariátrica: quem pode fazer?

Anterior a cirurgia Bariátrica, três critérios são levados em consideração pelos médicos:

  • A quanto tempo a pessoa tem obesidade;
  • Indice de massa corpórea (IMC);
  • Idade do paciente.

Além desses critérios, o cirurgião bariátrico deve verificar o acompanhamento do paciente com um endocrinologista para verificar se há possibilidade de intratabilidade clínica da obesidade do paciente. Assim como, a idade também é um fator muito importante na hora de decidir pela intervenção cirúrgica.

Em casos de pacientes com mais de 65 anos, o cirurgião avalia cada caso especificamente, com o objetivo de analisar os riscos do procedimento. Assim, verificando se garantirá ganhos ao paciente e a expectativa de vida de cada pessoa. Da mesma forma, com pacientes menores de idade. Os médicos irão verificar os riscos para, em seguida, dar o parecer, em que deverá haver consenso.

De acordo com o Dr. Rafael Lucena que é Especialista em Cirurgia do Aparelho Digestivo, antes da realização da cirurgia, o médico realiza uma série de exames para assegurar que não haverá riscos para o paciente.

“Geralmente o procedimento é realizado por um grupo de especialistas, que avalia o paciente e dá um parecer. O paciente precisa passar por exames e análises para fazer a cirurgia de redução do estômago”, explica Dr. Rafael.

 

O Dr. Rafael Lucena é Especialista em Cirurgia do Aparelho Digestivo e Realiza Cirurgias Bariátricas e Metabólicas (Diabetes tipo 2), além de colocar Balão Intragástrico. O Dr. Rafael Lucena atende nas cidades de Arcoverde e Serra Talhada.

Cirurgia bariatrica