Como Diagnosticar o Refluxo?

O relato do paciente adulto jovem pode levar ao diagnóstico, sem necessidade de exames num primeiro evento. Entretanto, a radiografia da transição esofagogástrica, pode demonstrar tanto a hérnia, quanto o refluxo.

 

A Endoscopia Digestiva Superior é um exame para visualizar o esôfago, estômago e duodeno, passando um fino feixe de fibras óticas através da boca. Dessa forma, a evolução da qualidade dos equipamentos tornara a endoscopia um exame simplificado. Bem como, pode ser repetida para controle de resultado de tratamento e, mais recentemente, para procedimentos terapêuticos especiais.

 

A Cintilografia capta e registra imagens da radioatividade descendo para o estômago ou do estômago refluindo para o esôfago.

 

A Cintilografia do trânsito esôfago-gástrico é um método que tem sido mais usado em crianças. É uma metodologia não invasiva, indolor e ambulatorial. Entretanto, nem sempre capta o refluxo, pois este não é permanente.

 

“O estudo da pressão interna ao longo do esôfago (Manometria) e a verificação do refluxo da acidez do estômago para o esôfago (pHmetria de 24 horas) detectam variações naturais e anormalidades capazes de diagnosticar a DRGE. Métodos que precisam ser usados quando os demais tem resultados insatisfatórios e para estudar parâmetros antes e depois do eventual tratamento cirúrgico da doença do refluxo”, ressalta Dr. Rafael Lucena, especialista em Cirurgia do Aparelho Digestivo.

 

O Dr. Rafael Lucena é Especialista em Cirurgia do Aparelho Digestivo e Realiza Cirurgias Bariátricas e Metabólicas (Diabetes tipo 2). Assim como, colocação de Balão Intragástrico. O Dr. Rafael Lucena atende nas cidades de Arcoverde e Serra Talhada – Pernambuco.

Dr. Rafael Lucena atende vários planos de saúde entre eles UNIMED e SASSEPE. 

Arcoverde