Sou Obeso?

A obesidade é caracterizada pelo excesso de peso, causado por questões genéticas, maus hábitos alimentares e\ou disfunções endócrinas.

De acordo com o Dr. Rafael Lucena que é Especialista em Cirurgia do Aparelho Digestivo. A obesidade gera diversos malefícios para a qualidade de vida do indivíduo, como o desenvolvimento de doenças, do tipo:

Diabetes;

Pressão alta;

Colesterol elevado;

Infarto;

Artrose dos ossos.

Além de sintomas como dificuldades para fazer esforços, indisposição e baixa estima.

Para identificar que uma pessoa está obesa, na maioria das vezes, utiliza-se o IMC (Índice de Massa Corpórea). Que é um cálculo que analisa o peso que a pessoa apresenta em relação à sua altura. Existem calculadoras online de IMC que fazem esse cálculo para você automaticamente e já dizem qual o seu nível de gordura corpórea.

Além de ser classificada de acordo com o peso, a obesidade pode variar com a localização e distribuição da gordura pelo corpo:

Obesidade Abdominal

A gordura se deposita principalmente no abdômen e na cintura, podendo também se distribuir pelo peito e rosto. Este tipo de obesidade também é conhecido como andróide ou obesidade em forma de maçã, devido à semelhança da silhueta da pessoa com esta fruta. Ela é mais comum em homens, embora algumas mulheres também possam ter. A obesidade abdominal está associada com um alto risco para desenvolver doenças cardiovasculares como colesterol alto, doenças cardíacas, infarto, além de diabetes, inflamações e trombose.

Obesidade Periférica

Tipo de obesidade mais comum em mulheres, onde a gordura se localiza mais nas coxas, quadris e nádegas. É conhecido como obesidade em pêra, devido ao formato da silhueta, ou obesidade ginóide. Este tipo de obesidade é mais associado a problemas circulatórios, como insuficiência venosa e varizes, e osteoartrite nos joelhos, devido à sobrecarga do peso nestas articulações, apesar de também aumentar o risco de doenças cardíacas e diabetes.

Obesidade homogênea

Neste caso, não há uma predominância da gordura em uma área localizada, pois o excesso de peso está distribuído pelo corpo. Isto pode ser perigoso, pois a pessoa pode se descuidar por não haver um grande impacto na aparência física, como nos outros dois tipos. Aos primeiros sinais de que você apresente sinais de obesidade procure um especialista no assunto.

 

O Dr. Rafael Lucena é Especialista em Cirurgia do Aparelho Digestivo e Realiza Cirurgias Bariátricas e Metabólicas (Diabetes tipo 2), além de colocar Balão Intragástrico. O Dr. Rafael Lucena atende nas cidades de Arcoverde e Serra Talhada.

Cirurgia bariatrica