Obesidade é a segunda causa de morte evitável

Mais de 41 milhões de brasileiros sofrem com a obesidade. A taxa da doença no país atingiu o seu recorde no último ano.

No Brasil, mais da metade da população tem excesso de peso e mais de 41 milhões de pessoas sofrem com a obesidade. Segundo o endocrinologista João Salles, a obesidade é a segunda causa de morte evitável, dessa forma, perdendo apenas para o cigarro.

Além disso, a doença é um fator de risco importante para o desenvolvimento do câncer de mama e de outras doenças, como hipertensão arterial, diabetes, AVC e infarto.

A obesidade é uma doença multifatorial e precisa ser tratada em vários aspectos, principalmente o emocional. O preconceito, o estigma social, é um grande problema para o obeso por causa do julgamento. Nesse sentido, a compulsão alimentar e a obesidade são doenças que podem (ou não) estar associadas.

Fatores que levam à obesidade:

  1. Consumir mais do que se gasta;
  2. Sedentarismo;
  3. Alimentos calóricos disponíveis e em grande quantidade;
  4. Genética;
  5. Mecanismos metabólicos: quando a gente emagrece, a fome aumenta e o gasto energético diminui;
  6. Sono ruim;
  7. Remédios.

Mas como emagrecer? O primeiro passo é procurar um profissional de saúde e não ter vergonha de falar das dificuldades para emagrecer. O médico precisa prescrever uma estratégia de emagrecimento de acordo com o caso. O tratamento pode ser mudança na alimentação, exercício físico e em alguns casos uso de medicamentos e cirurgia. As chamadas receitas milagrosas não dão certo e podem causar prejuízos para a saúde.

Fonte: G1

 

O Dr. Rafael Lucena é Especialista em Cirurgia do Aparelho Digestivo e Realiza Cirurgias Bariátricas e Metabólicas (Diabetes tipo 2), além de colocar Balão Intragástrico. O Dr. Rafael Lucena atende nas cidades de Arcoverde e Serra Talhada.

Cirurgia bariatrica