Preparação pré-operatória é fundamental para cirurgia bariátrica; veja 7 dicas

O Brasil é o segundo país no mundo que mais realiza cirurgias bariátricas, com 80 mil procedimentos realizados por ano. O aperfeiçoamento de técnicas e a aplicação de novas tecnologias tornaram as cirurgias mais seguras, rápidas e eficientes. Isto tem aumentado o número de pessoas que buscam o tratamento cirúrgico da obesidade para melhorar sua qualidade de vida após tentarem, sem sucesso, atingir seus objetivos com o tratamento clínico.

No entanto, a preparação pré-operatória do paciente ainda é fundamental para determinar as chances de sucesso da cirurgia. “A evolução dos equipamentos e materiais utilizados nas cirurgias tornou os procedimentos mais rápidos, seguros e com tempo menor de recuperação, mas tudo isso pode ser prejudicado se o paciente não tiver uma boa preparação clínica antes da cirurgia. É fundamental fazer uma análise rigorosa das condições de saúde do paciente, qualificação do cirurgião, estrutura hospitalar, técnica utilizada, além do acompanhamento multidisciplinar”, ressalta o Dr. Almino Ramos, Presidente da SBCBM – Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica.

Veja 7 dicas para ter uma boa preparação para a cirurgia bariátrica:

  • É imprescindível conhecer o histórico do cirurgião e verificar se ele é membro da SBCBM. A consulta pode ser feita aqui.
  • Saber se ele atua com equipe multidisciplinar que auxiliará no preparo e orientações pré-cirurgia e também por todo o acompanhamento pós-cirurgia.
  • Também é importante saber qual a técnica que será utilizada na cirurgia. Ela deve constar na resolução 1766-05 do Conselho Federal de Medicina, que regulamenta a cirurgia bariátrica no Brasil.
  • Se possível, visite o local (hospital ou clínica) onde será realizada a cirurgia.
  • Realizar todo o protocolo de exames pré-operatórios.
  • É recomendado que o paciente emagreça cerca de 5% a 10% de seu peso antes da cirurgia para melhorar sua condição clínica. Isso aumenta a segurança na operação.
  • O paciente deve passar por consulta pré-anestésica para o médico rever os exames e a avaliação clínica já feita. Essa consulta tem a finalidade de prevenir quaisquer problemas durante a cirurgia.

Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica

 

O Dr. Rafael Lucena é Especialista em Cirurgia do Aparelho Digestivo e Realiza Cirurgias Bariátricas e Metabólicas (Diabetes tipo 2), além de colocar Balão Intragástrico. O Dr. Rafael Lucena atende nas cidades de Arcoverde e Serra Talhada.

Cirurgia bariatrica